Bitcoin: 4 previsões negativas que não se concretizaram
Marius Christensen/Unsplash
Página principal Análise, Criptomoedas, Bitcoin
Tema do momento
15 Outubro
888 888

Desde a criação da Bitcoin em 2009 que são partilhados sentimentos contraditórios quanto às criptomoedas e à tecnologia subjacente, a blockchain — se destacando que as opiniões quanto ao seu futuro também variam amplamente, sendo umas mais positivas que outras.

Dada a tendência baixista sentida no mercado este ano, e todo o ceticismo provocado pela mesma, este artigo analisa algumas das mais negativas previsões quanto à Bitcoin — que na verdade não se materializaram.

Quais as mais negativas previsões quanto à Bitcoin que não se realizaram?

1. A Bitcoin não irá sobreviver

Bitcoin: 4 previsões negativas que não se concretizaram
Edu Lauton/Unsplash

Em junho de 2011 a Bitcoin enfrentou uma das suas épicas quedas de preço, provavelmente uma das piores que irá experienciar: uma queda súbita de 17 dólares para apenas alguns centavos de dólar em minutos. Como resultado da queda de preço a Forbes condenou a criptomoeda à morte, dizendo:

«[…] Há várias coisas que queremos de uma moeda. [Que seja] um meio de troca, uma reserva de valor […] — e a segurança também é importante. Nenhuma moeda tem todas estas características […] com perfeição, mas uma que não tenha nenhuma das mesmas em quantidade apreciável não irá durar muito tempo.»

Sete anos depois a Bitcoin se encontra cotada ao redor de 6500 dólares e poderá continuar subindo. De fato, de acordo com Tom Lee, a criptomoeda poderá chegar aos 25 000 dólares até ao final de 2018.

2. A Bitcoin irá cair para 1 dólar até ao final de 2016

Esta se tratou de uma declaração muito interessante de um usuário anônimo do Twitter em 2015. Nas suas palavras:

«As bitcoins serão outra bolha dot com estourando e irão cair para 1 dólar a bitcoin até final de 2016.»

Aparentemente a afirmação foi removida do Twitter, provavelmente porque não se verificou.

3. A «experiência Bitcoin acabou»

Bitcoin: 4 previsões negativas que não se concretizaram
Annie Spratt/Unsplash

Esta afirmação foi avançada pelo diretor executivo da TransferWire, Taavet Hinrikus, meses após o proeminente desenvolvedor de Bitcoin Mike Hearn ter dito que a Bitcoin tinha morrido. Hinrikus avançou essa declaração em uma entrevista à Finance Yahoo, se referindo à Bitcoin como nada além de uma experiência.

«Penso que podemos afirmar que a Bitcoin morreu. Não há tração, ninguém a está usando. A experiência Bitcoin acabou.»

Na altura a Bitcoin era negociada a 430 dólares.

Felizmente alcançou o preço máximo de quase 20 mil dólares no final de 2017. Embora se encontre em dificuldades este ano, está viva e é negociada a um valor muito mais elevado do que quando Hinrikus previu a sua morte.

4. 2014 será o ano da queda da Bitcoin para 0 dólares

Não é novidade que Wall Street não tem sido muito otimista em relação à Bitcoin — e após o incidente da Mt. Gox em 2014 um blogger centrado nos mercados relembrou como havia prevenido várias pessoas de que iriam perder todo o seu dinheiro. Também citou o então antigo diretor executivo da Mt. Gox, Mark Karpeles, dizendo:

«Se comprar bitcoins deve ter em mente que o valor poderá ser zero no dia seguinte,» — afirmando que o dia tinha finalmente chegado.

Contrariamente à crença de Wall Street de que a Bitcoin estava acabada, o ativo continua bastante vivo e muitos acreditam que irá valorizar nos próximos anos.

Conclusão

Bitcoin: 4 previsões negativas que não se concretizaram
Mariana Montes de Oca/Unsplash

A Bitcoin passou por muito nos últimos anos e a jornada de 2018 não tem sido favorável. Porém, o fato de o ativo ter sobrevivido a todos os problemas é uma indicação de que há esperança para o seu futuro. Entretanto, o final deste ano e o início do próximo serão indicadores significativos quanto ao que esperar para a maior criptomoeda do mundo.

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente