Independentistas catalães alcançaram maioria absoluta
AP Photo/Virginia Mayo
Página principal Síntese, China, Google, Coreia do Norte, Espanha

Uma seleção das principais notícias desta manhã

Vitória do Ciudadanos não evitou maioria dos independentistas

Se tratou de um golpe para o primeiro-ministro espanhol Mariano Rajoy, que convocou as eleições para acalmar a crise constitucional da nação. Rajoy invocou poderes de emergência depois de membros separatistas do parlamento Catalão terem declarado a independência da região em outubro.

Conselho de Segurança das Nações Unidas vota em novas sanções contra a Coreia do Norte

A resolução liderada pelos EUA limitará as exportações de petróleo para a nação e proibirá diversas exportações a partir da mesma, incluindo de madeira, metais industriais e produtos alimentares. Também exigirá a repatriação de norte-coreanos expatriados, uma importante fonte de renda para o regime, no prazo de um ano.

China e Índia discutem disputa fronteiriça

Representantes dos dois países irão se encontrar em Nova Deli para o primeiro grande diálogo entre as duas nações desde o impasse militar em Doklam no início deste ano. Irão procurar formas de evitar esse tipo de incidentes e a China poderá tentar persuadir a Índia a se envolver na sua iniciativa infraestrutural “Belt and Road”.

Governo do Japão aprovou orçamento recorde para o setor da Defesa

Com a crescente ameaça da Coreia do Norte, a equipe de Shinzo Abe, primeiro-ministro, definiu como orçamento para o próximo ano 46 bilhões de dólares, um aumento de 1,3% frente a este ano. Falta, contudo, aprovação do parlamento. Após uma década de cortes, Abe tem aumentado o orçamento todos os anos desde que assumiu o cargo em 2012.

Presidente do Peru sobreviveu a votação para impeachment

Em sessão do Congresso, que durou mais de 13 horas, os membros da oposição ficaram aquém da maioria de dois terços necessária para afastar Pedro Pablo Kuczynski. Apresentaram acusações de corrupção ligadas à gigante brasileira de construção Odebrecht.

Eric Schmidt irá se demitir de presidente executivo da Alphabet

O seu papel enquanto “embaixador” da Alphabet, empresa-mãe da Google (NASDAQ: GOOGL), incluía lobby político. Porém, uma vez que Donald Trump chegou ao poder, a influência de Schmidt — proeminente apoiante de Hillary Clinton — diminuiu em Washington. Entretanto, se destaca que aumentou o escrutínio regulatório ao redor da gigante de tecnologia este ano.

Calendário Econômico

  • 07:30 (GBP) PIB (Trimestral) (Q3)
  • 07:30 (GBP) PIB (Anual) (Q3)
  • 08:00 (BRL) Confiança do Consumidor FGV (Dez)
  • 10:30 (BRL) Empréstimos Bancários (Mensal) (Nov)
  • 11:30 (USD) Núcleo de Pedidos de Bens Duráveis (Mensal) (Nov)
  • 11:30 (CAD) PIB (Mensal) (Out)
  • 13:00 (USD) Venda de Casas Novas (Nov)
Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente