Criptomoedas: as principais notícias de hoje, 12 de janeiro de 2018
MorozkiArt
Página principal Síntese, Criptomoedas
Tema do momento
12 Janeiro
13752 13k

As mais recentes notícias do mercado de criptomoedas

EOS e Stellar registram crescimento hoje. Entre as 10 maiores criptomoedas do mundo por capitalização de mercado a EOS e a Stellar são as que registram maior crescimento hoje, +19,42% e +14,06%, respetivamente, nas últimas 24 horas. A Bitcoin, a Ripple e a Bitcoin Cash, por exemplo, registram ligeira queda. A capitalização total do mercado de criptomoedas como um todo não se encontra distante dos números avançados ontem.

China planeja reduzir atividade de mineração de criptomoedas em todo o país. Um grupo interdepartamental do governo chinês emitiu uma ordem para a redução gradual da mineração de criptomoedas no país. Em particular, Pequim exige às autoridades regionais que “promovam ativamente” o término da atividade de mineração por parte de empresas locais devido ao excessivo consumo de eletricidade e riscos financeiros que tal representa.

A capitalização total do mercado de criptomoedas corresponde atualmente (15h30 de Brasília) a 697,6 bilhões de dólares

Entretanto, nas últimas 24 horas:

  • O preço da Bitcoin (Bitcoin) caiu 2,44% para 13.682,20 dólares
  • O preço da Ethereum (ETH/USD) subiu 0,48% para 1.242,90 dólares
  • O preço da Ripple caiu 3,41% para 2 dólares
  • O preço da Bitcoin Cash (Bitcoin.Cash) diminuiu 2,72% para 2.548,86 dólares
  • O preço da Cardano subiu 10,28% para 0,82 dólares

Próximas ICO:

  • 15 de janeiro de 2018: EternalNode
  • 15 de janeiro de 2018: BRC ICO
  • 16 de janeiro de 2018: Malevich
  • 22 de janeiro de 2018: ROYAL CAPITAL Blockchain investment fund
  • 24 de janeiro de 2018: Dimensions Network

Consulte a lista completa de ICO decorrendo aqui.

Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente