Dicas de investimento para principiantes
Página principal Finanças

Investir no mercado de ações – com os olhos bem abertos – é uma excelente forma de construir um futuro melhor

Parabéns se está pensando em investir pela primeira vez! Devemos, cada vez mais, acumular fundos para a aposentadoria. No entanto, o mercado de ações pode ser perigoso para a sua riqueza se não souber o que está fazendo. Confira alguns aspetos que os principiantes devem conhecer.

Invista apenas quando estiver pronto

É ótimo que esteja pensando investir em ações mas não o faça a menos que esteja investindo dinheiro de que não irá precisar durante pelo menos cinco anos, se não dez anos, tendo em conta a volatilidade do mercado de ações. Não invista se não se sentir confortável com algum risco ou se não for capaz de ver o crescimento e queda dos seus investimentos de dia para dia – por vezes de forma significativa. As ações da Hasbro (LSE: Hays [HAS]), por exemplo, superaram o S&P 500 ao longo dos últimos três, cinco, 10 e 15 anos. No entanto, um gráfico do seu crescimento revela uma linha irregular, não reta. O crescimento alcançou uma média de 12,3% ao ano ao longo dos últimos 15 anos. Contudo, as ações caíram 30% em 2011 e avançaram apenas 3% em 2014 – tendo subido 50% em 2010 e 57% em 2013.

4 Dicas para não temer a volatilidade do mercado

Esteja preparado para perder dinheiro

Até mesmo os melhores investidores tomam decisões de investimento das quais se arrependem mais tarde – perdendo, ocasionalmente, dinheiro. Warren Buffett, por exemplo, pediu desculpas aos acionistas na sua carta de 1998, dizendo:

“A minha decisão de vender participação na McDonald’s (NYSE: McDonald's [MCD]) foi um grande erro. No geral, teriam ficado melhor servidos no último ano se eu tivesse ido ao cinema durante as horas de negociação.”

Assim, espere perder dinheiro aqui e ali – mas idealmente com poucos erros ao longo do tempo, à medida que se torna melhor investidor. Note, também, que o fato de uma ação (que comprou) ter perdido valor não significa que perdeu realmente dinheiro. Não é alvo de perda, a menos que venda. O que tem é uma “perda no papel” que se pode transformar em ganho se a ação recuperar.

Como ser um bom investidor, segundo Sherlock Holmes

Espere superar títulos e ouro

No longo prazo, as ações tendem a superar investimentos alternativos – por muito. Veja os dados que se seguem do professor Jeremy Siegel da Wharton Business School, que calculou o retorno médio de ações, títulos, letras do Tesouro, ouro e dólar entre 1802 e 2012:

A taxa anualizada para ações entre 1926 e 2012 foi 9,6%. Os dados de Siegel mostram que as ações superaram os títulos em 96% em todos os períodos de 20 anos entre 1871 e 2012 e em 99% em todos os períodos de 30 anos.

Planeje para manter as emoções sob controle

Saiba que embora o investimento deva ser uma prática racional somos todos humanos e as nossas emoções podem se meter no caminho. O medo pode fazer com que corramos a vender ações quando uma ação que detemos, ou o mercado em geral, cai – o que é, normalmente, algo bastante contraproducente a fazer na medida em que acabamos com uma perda ou ganhos menores e perdemos qualquer recuperação que se siga. A ganância, entretanto, pode fazer com que apostemos em ações arriscadas sem muita atenção quanto a se se encontram subvalorizadas ou sobrevalorizadas – apenas porque parece que todo mundo está fazendo dinheiro com elas. Isso costuma acabar mal quando as ações sobrevalorizadas caem, próximas do seu valor intrínseco.

Seja o mais racional que conseguir, investindo apenas em ações que pareçam claramente subvalorizadas e com probabilidade de crescimento, com vantagens competitivas sustentáveis (como uma marca forte ou economias de escala) e perspectivas de crescimento sólidas. De seguida, aponte para a detenção delas por alguns anos ou até já não ter confiança nelas.

3 Ações inegavelmente baratas

Saiba que pode optar, sempre, pelo caminho mais fácil

Entenda que existe um caminho de investimento mais fácil do que a seleção individual, cuidadosa, de ações. Em vez disso, ou em adição a isso, pode simplesmente investir em um ou mais fundos de índice low-cost, focados no mercado amplo, como o ETF SPDR S&P 500 (NYSE ARCA: SPDR S&P 500 [SPY]), o ETF Vanguard Total Stock Market (NYSE: VTI) e o ETF Vanguard Total World Stock (NYSE: VT). Eles irão distribuir os seus ativos por 80% do mercado dos EUA, pelo total do mercado dos EUA ou por todos os mercados de ações do mundo, respetivamente. Existem fundos de índice focados em títulos, também, e em outros segmentos do mercado. Até mesmo Warren Buffett recomendou os fundos de índice focados no S&P 500 e os mesmos têm superado os fundos mútuos geridos, por uma grande margem, ao longo do tempo.

Continue aprendendo

Por último, continue lendo e aprendendo sobre investimento na medida em que isso irá torná-lo um melhor investidor – capaz de tomar decisões mais inteligentes e de alcançar mais lucro também.

Não deixe o seu futuro financeiro ao acaso – ou à espera que a Segurança Social seja suficiente. Investir no mercado de ações – com os olhos bem abertos – é uma grande forma de construir um futuro melhor.

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente