Os 7 itens mais caros que pode comprar com «bitcoins»
Página principal Estilo de Vida, Criptomoedas
Tema do momento
18 Novembro
2401 2k

A Bitcoin foi criada, entre outros objetivos, para servir como meio de troca em transações — para a aquisição de bens e serviços — e à medida que ganha maior aceitação são cada vez mais os itens passíveis de serem comprados com «bitcoins». Partilhamos, assim, uma seleção de bens dispendiosos que podem ser comprados com a maior criptomoeda do mundo.

Carros

Esta poderá corresponder à maior classe de itens caros suscetíveis a aquisição com bitcoins uma vez que muitos dos indivíduos que adotaram a Bitcoin na sua fase inicial — e são hoje milionários — cumprem o mantra «When Lambo?». A mais famosa dessas aquisições foi conduzida por Peter Saddington (YouTuber e CTO da VinWiki) no final de 2017.

Comprou um Lamborghini Huracan de 2015, avaliado em 200 mil dólares, com 45 bitcoins. Essas mesmas bitcoins valeriam hoje 292,5 mil dólares — mas Saddington afirma que pagou apenas 115 dólares pelas mesmas em 2011, quando tomou conhecimento da criptomoeda.

Os Lambos são considerados por alguns dos primeiros adotantes da Bitcoin a única forma aceitável de gastar bitcoins. É desencorajada a sua venda (bitcoins) e os verdadeiros crentes na revolução das criptomoedas são estimulados a mantê-las. Entretanto também houve várias histórias de compradores de Teslas com bitcoins, como a aquisição de um Tesla S na Flórida com 91 BTC valendo 109 mil dólares na altura.

As concessionárias que aceitam bitcoins afirmam que a compra de automóveis com criptomoedas aumentou em dezembro de 2017, quando o seu preço também disparou.

Casas

O mercado imobiliário fez manchetes ao longo do último ano e a aquisição de propriedades com bitcoins se tornou popular. Existe mesmo uma página que lista um chalet nos Alpes franceses por 4,95 milhões de dólares, uma penthouse no Panamá por 3,59 milhões de dólares ou uma ilha privada na Austrália por 3,5 milhões de dólares. E há mais propriedades listadas nos EUA, na Tailândia, em Bali, nas Caraíbas, na Turquia e um pouco por todo o mundo.

Na verdade, começaram surgindo notícias de compras de imóveis com recurso a bitcoins tão cedo como em 2014, com um comprador anônimo comprando uma Villa em Bali por 800 BTC (500 mil dólares na altura, 5,2 milhões de dólares agora) e outro comprador anônimo comprando quase 6000 metros quadrados no Lake Tahoe na Califórnia por 2734 bitcoins (valendo 1,6 milhões de dólares na altura, mais de 17,8 milhões de dólares agora). Porém, se trata de transações em que se converteram as bitcoins em moeda tradicional.

Entretanto, a maior compra imobiliária com bitcoins teve lugar em fevereiro deste ano, quando o investidor Michael Komaransky vendeu a sua mansão em Miami por 455 BTC, ou cerca de 6 milhões de dólares na altura. As mesmas 455 BTC valem cerca de 3 milhões atualmente.

Aviões

Quando os mais ricos e famosos viajam costumam fazê-lo em grande estilo nos seus próprios jatos particulares — e a nova geração de milionários «da Bitcoin» aspira ao mesmo. O primeiro exemplo de uso de bitcoins para a utilização de um jato particular teve lugar em 2014, quando Olivier Janssens, membro da Fundação Bitcoin, fretou um jato privado da PrivateFly.com

Embora os detalhes da transação não tenham sido divulgados, com base nos preços partilhados na página o voo poderá ter custado tanto como 54,95 BTC ou 35 mil dólares na altura — ou o equivalente a 357,175 hoje.

Entretanto, desde dezembro de 2013 que é possível comprar aviões particulares à SKyCraft Airplanes com bitcoins. Quando anunciado pela primeira vez o SkyCraft SD-1 Minisport estava disponível por 80 BTC. O atual preço de um SD-1 Minisport corresponde a 54 850 dólares ou cerca de 8,5 BTC.

Iates

Ter um iate é uma das marcas de referência dos super-ricos — e os milionários da Bitcoin estão se juntando à moda também. Não é fácil encontrar exemplos específicos, mas existe mercado, com a Dennison Yachting da Flórida acrescentando a Bitcoin aos métodos de pagamento disponibilizados depois de solicitações de vários clientes — e a 26 North Yachts, também da Flórida, alegando ser a maior vendedora de iates aceitando Bitcoin.

Educação

Os 7 itens mais caros que pode comprar com «bitcoins»
Charles DeLoye/Unsplash

As universidades também começaram aceitando bitcoins para o pagamento de propinas. A universidade de Nicósia, no Chipre, foi a primeira aceitando bitcoins como pagamento em 2013, e o King’s College foi a primeira universidade dos EUA fazendo o mesmo em 2014. Com um ano no King’s College representando cerca de 35 mil dólares em propinas, um programa completo de quatro anos representa cerca de 140 mil dólares ou 21,53 BTC a preços correntes.

Se destacam entre outras universidades aceitando bitcoins a European School of Management and Technology em Berlim, na Alemanha, e a The Lucerne University of Applied Sciences and Arts na Suíça, que anunciou a aceitação de bitcoins para o pagamento de propinas em outubro de 2017. Ter uma universidade suíça aceitando bitcoins não surge como surpreendente uma vez que Zug, na Suíça, é considerada o «Crypto Valley» — sendo a sede de mais de 50 empresas e start-ups focadas na blockchain.

Cidadania

Vanuatu, o pequeno país do Pacífico Sul, se tornou a primeira nação do mundo oferecendo a concessão de cidadania em troca por bitcoins. O valor ronda os 180 mil dólares, logo se precisar de um segundo passaporte e tiver cerca de 27 BTC algures pode se tornar cidadão da pequena, mas bonita, nação insular. Na realidade Vanuatu não aceita bitcoins, mas estabeleceu um agente de transferências na Austrália que cuida do câmbio de BTC para USD para a obtenção da cidadania.

O pequeno país Antígua e Barbuda, nas Caraíbas, também aceita bitcoins pelo seu programa de cidadania — um pouco mais barato do que o de Vanuatu: 135 mil dólares ou pouco mais de 20 BTC.

Conclusão

O número de itens passíveis de serem comprados com bitcoins continua aumentando — e com o valor da criptomoeda se mantendo elevado, os itens de luxo parecem ser os mais populares. Faz sentido usar bitcoins para estas grandes compras pois se poupa facilmente 5-10% em comissões, o que é bastante quando se realizam compras de centenas de milhares ou mesmo milhões de dólares.

Enquanto o valor da Bitcoin permanecer elevado a tendência quanto à compra de grandes itens com a criptomoeda deverá permanecer — e à medida que mais pessoas adotam a criptomoeda, mais compras serão conduzidas com a mesma. Quando as atuais crianças forem adultos poderá ser normal pagar um carro ou uma casa com criptomoedas — e desta feita não apenas para os indivíduos mais abastados.

Fonte: Coin Bureau

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar