Página principal Notícias, União Europeia, Criptomoedas
Tema do momento
3 de Dezembro de 2017
2087 2k

Quase metade (40%) dos fundos aplicados a “criptomoedas recém-emitidas” em anos recentes têm sido reunidos na Europa, de acordo com análise da empresa Atomico intitulada “The State of European Tech”.

O estudo, que cita dados da Token Data – uma start-up que monitoriza ICO – avança que as start-ups europeias reuniram mais capital através de Oferta Inicial de Moeda (ICO na sigla original) nos últimos três anos do que qualquer outra região do planeta: 1,76 bilhões de dólares desde 2014.

O relatório sugere que a UE poderá se tornar líder global no desenvolvimento de criptomoedas e de tecnologia blockchain ao longo dos próximos cinco anos. Há um crescente número de start-ups europeias se focando exclusivamente no desenvolvimento de blockchain.

Fonte: CoinDesk

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar