Página principal Notícias, Criptomoedas
Tema do momento
29 Maio
349 349

As autoridades alemãs acumularam cerca de 14 milhões de dólares com a venda de criptomoedas apreendidas em investigações criminais.

As criptomoedas vendidas (1312 tokens de Bitcoin (Bitcoin), 1399 tokens de Bitcoin Cash, 1312 tokens de Bitcoin Gold e 220 tokens de Ether) resultaram, na maioria, de investigação a plataforma que se encontrava vendendo livros eletrônicos e audio-livros, de forma ilegal, a preços muito baixos. A plataforma foi bloqueada em junho passado, os responsáveis pela mesma foram detidos e os ativos seguiram para um fundo geralmente usado para agregação de recursos para a polícia.

A venda decorreu ao longo de dois meses, sob a forma de mais de 1600 transações, através de plataforma alemã de negociação de criptomoedas. De acordo com o Der Tagesspiegel, resultou em um total de aproximadamente 14 milhões de dólares.

A negociação teve início no final de fevereiro, altura em que o preço da Bitcoin caiu da máxima de dezembro, quase 20 mil dólares, para cerca de 11 400 dólares. Durante a mesma o preço da criptomoeda chegou a cair abaixo dos 7000 dólares e voltou a subir para os 9000 dólares. Se tratou de venda recorde de ativos apreendidos na Alemanha — se recordando que autoridades dos EUA reuniram 48 milhões de dólares em outubro passado com a venda de bitcoins apreendidas.

Fonte: Fortune

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar