Página principal Notícias, Mineração, Criptomoedas
Tema do momento
3 Junho
836 836

A empresa de eletrônica está tentando tornar a vida dos mineiros de criptomoedas mais fácil — com a criação de uma motherboard construída para lidar com os complexos cálculos necessários para minerar tokens digitais. A motherboard foi revelada esta semana, se destacando que irá suportar até 20 placas gráficas, essenciais para a mineração.

São diversos os mineiros de criptomoedas que constroem os seus próprios computadores e a motherboard, um dos principais componentes de um computador, é uma parte essencial desse processo. A Asus estima que a sua motherboard venha a reduzir o tempo necessário para configurar a mineração — e a tornar o diagnóstico de problemas mais fácil.

«Menos tempo mantendo a sua máquina significa mais tempo minerando com a mesma,» avançou a empresa em comunicado.

A motherboard estará disponível entre julho e setembro. Embora a Asus ainda não tenha divulgado o preço, o site de notícias de tecnologia The Verge estima que possa custar entre 50 e 400 dólares, valores praticados por outras fabricantes com exemplares já disponíveis no mercado.

Não se trata da primeira vez que a Asus se envolve no mercado de mineração de criptomoedas. Lançou uma motherboard em setembro, a B250, que é hoje vendida por 141,98 dólares na Amazon. A empresa afirma que o novo lançamento se trata de uma atualização deste modelo.

«Com o conceito provado na prática e mais conhecimento adquirido quanto ao que os mineiros buscam, redefinimos a fórmula para uma segunda geração,» afirmou.

Fonte: Fortune

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar