Página principal Notícias, China, Criptomoedas, ICO
Tema do momento
18 Setembro
132 132

O Banco Popular da China emitiu uma declaração instando os investidores locais a não assumirem riscos negociando criptomoedas e participando em Ofertas Iniciais de Moeda (ICO).

A declaração foi publicada pela filial do banco em Xangai. O documento solicita aos investidores que não participem na venda de tokens de start-ups estrangeiras e que «evitem a negociação especulativa com criptomoedas». Na China uma ICO corresponde a atividade criminosa ilegal — e o regulador responsável afirma que a venda pública de tokens equivale a fraude.

O Banco admitiu que os cidadãos chineses continuam realizando transações com criptomoedas em «áreas offshore» — e prometeu combater essa atividade.

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente