Página principal Notícias, Criptomoedas
Tema do momento
27 Setembro
64 64

Uma start-up de serviços financeiros sediada em Zug, na Suíça, angariou cerca de 104 milhões de dólares tendo em vista a criação de um «banco de criptomoedas». De acordo com o avançado pela Bloomberg, a Seba Crypto AG contou com a participação de investidores privados e institucionais na arrecadação de fundos para a sua iniciativa.

A start-up é dirigida por dois antigos gestores do UBS, Guido Buehler e Andreas Amschwand. Se destaca que tem vindo trabalhando com a autoridade financeira suíça, conhecida como Finna, quanto à submissão de solicitação de licença para operar até ao final do mês de outubro. Espera ter a licença assegurada até meados de 2019.

Segundo o avançado por Buehler o objetivo do empreendimento passa por «preencher a lacuna [existente] entre a banca tradicional e o novo mundo das criptomoedas.» Buehler notou que a entidade irá fornecer uma miríade de serviços, incluindo custódia, negociação e gestão de criptomoedas para investidores privados e institucionais.

Afirmou, também, que estima que a mesma venha a oferecer «contas bancárias em moeda tradicional e criptomoedas», se destacando que muitos bancos não estão dispostos a abrir contas para empresas envolvidas no mercado das criptomoedas ou da blockchain. A sua visão: tornar possível o «acesso a criptomoedas e a moedas tradicionais em uma só conta».

Fonte: CCN

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente