Como começar a investir em criptomoedas
Página principal Tutoriais, Criptomoedas, Investimento em criptomoedas
Tema do momento
6 Setembro
813 813

O universo das criptomoedas se encontra bastante suscetível às flutuações do mercado, em parte devido ao seu estatuto embrionário. Assim, investidores interessados neste setor devem manter uma atitude cautelosa em relação às suas apostas. Se for esse o seu caso considere os seguintes aspetos antes de investir.

Decida em que criptomoeda está interessado

As criptomoedas não são todas iguais, nem o risco associado a cada uma, logo é importante que assuma uma posição estratégica e escolha aquela ou aquelas em que quer apostar — para compreender os respetivos fundamentos. A análise fundamental oferece os melhores indicadores para investidores focados no longo prazo: para perceber como funciona determinada criptomoeda, qual o seu histórico e o que oferece — antes de participar no seu desenvolvimento.

Considere o propósito da criptomoeda em que está interessado, há quanto tempo se encontra no mercado, a sua capitalização de mercado e as soluções tecnológicas subjacentes que oferece. As criptomoedas que resolvem problemas reais apresentam menor probabilidade de falhar do que as restantes. Além disso, quanto mais tempo uma criptomoeda tiver estado no mercado, mais fiável será.

Decida que tipo de investimento procura

É natural que pretenda estabelecer um plano se quiser entrar no mercado de criptomoedas. Deve, assim, decidir se pretende apostar no curto, médio ou longo prazo. É uma consideração importante — que afeta a quantidade de fundos que colocará nos seus investimentos. Se o plano for negociar regularmente, então compreender as tendências do mercado, a cultura que conduz o mesmo e a mentalidade dos investidores será um passo na direção certa.

Se quiser ir mais longe pode considerar indicadores do mercado, análise fundamental e análise técnica, e acompanhar notícias gerais sobre o setor e/ou anúncios de desenvolvimentos — entre outros.

Recorde: as estatísticas importam.

Avaliar o comportamento do mercado em diferentes momentos faz parte de uma estratégia bem ordenada. Embora possa ser confuso de seguir, as dinâmicas do mercado não devem ser negligenciadas — especialmente se planeja negociar no curto prazo. Para torná-lo mais simples, agilize a escolha de criptomoedas para aquelas que prefere, acompanhe os respetivos gráficos e tente detetar tendências através de indicadores de mercado.

Averigue se a criptomoeda em questão é amplamente aceite e fiável

A confiança é crucial para qualquer investidor. Antes de aplicar os seus fundos em um projeto específico deve concluir que confia no mesmo o suficiente. No universo das criptomoedas pode considerar os três fatores chave partilhados por Peter Thiel, empreendedor bilionário: uma ideia única (que oferece soluções tangíveis), com melhoria constante (o que exige uma boa equipe de desenvolvimento) e capacidade para coordenar ideias complexas.

No fundo, estes três pontos são os melhores indicadores que um investidor focado no longo prazo pode considerar em relação às criptomoedas.

Considere os maiores jogadores do mercado

Como começar a investir em criptomoedas
Erik Finman

É sempre positivo aprender com a experiência dos outros — e também neste mercado. Na verdade, esta iniciativa pode até ser mais importante devido à volatilidade do mercado, uma vez que um pequeno erro poderá custar uma fortuna ou toda a sua participação no mercado.

O ditado mais comum entre os investidores de criptomoedas e peritos em finanças é que apenas deve investir dinheiro que está disposto a perder. Colocando em perspetiva falamos de uma pequena porcentagem do seu patrimônio líquido. A questão é: será que é o que se faz? Erik Finman, que se tornou milionário graças às criptomoedas, investiu 1000 dólares em criptomoedas quando tinha 12 anos. Não tinha muito, optou por uma estratégia elevado-risco-elevada-recompensa e ganhou milhões no processo.

No final do dia são várias as experiências. Há indivíduos que deram grandes saltos investindo em criptomoedas. Ainda assim, o relevante a reter é que provavelmente estavam dispostos a perder os fundos investidos.

Invista a quantia certa de fundos

A regra de investir apenas o que está disposto a perder está próxima do ideal. Pense na mesma desta forma: se acordar uma manhã com os seus investimentos em queda fica incapaz de pagar as suas contas no mês seguinte? Se sim, então está investindo demais. É claro que custa sempre perder dinheiro. Porém, se investir adequadamente, não será um evento devastador se o pior acontecer.

Os investidores devem garantir que mantêm 95% dos seus investimentos em uma carteira bem diversificada entre diferentes classes de ativos, setores e regiões geográficas. Tal ajudará a mitigar riscos e a tirar vantagem de oportunidades que possam surgir. Os restantes 5% podem, por exemplo, ser aplicados a criptomoedas — o futuro do dinheiro.

Fonte: Forbes

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente